Cabelo meu

Cabelo cresce, as coisas se renovam. Eu nunca me apeguei demais a coisas que se renovam naturalmente.  Tudo é bonito dependendo do modo como se vê. O cabelo ficou meio anos 80 mas achei charmoso. E antes que eu me esqueça, o cabelo é meu e eu corto do jeito que eu quiser. Não pedi a opinião de ninguém, especialmente de homem casado que, embora eu tenha como amigo querido, teima em dar pitaco no meu visual dizendo que prefere meu cabelo mais comprido, como se eu lhe tivesse pedido opinião. Já sou maior de idade e sou a única que deve decidir o que usar ou não usar da cabeça aos pés.

E se eu quisesse raspar a cabeça nem mesmo minha mãe se meteria no assunto, pois até ela, naturalmente, já deixou de ter direito de opinião sobre meu visual há muito tempo atrás. Fica uma dica! Gostaram e querem elogiar, elogiem. Não gostaram e querem dar palpite, esperem que eu peça. Se eu não o fizer, fiquem na sua. O cabelo é MEU e eu não estou mudando visual pra chamar atenção de ninguém, pois eu nunca fiz isso. Sempre me arrumei pra mim mesma e não para as mulheres ou para os homens ao meu redor.

}ï{

Anúncios

Sobre a dona do blog

Pecadora redimida por Aquele que morreu na cruz e ressurgiu. "Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó." Salmos 103:14
Esse post foi publicado em Confissões, Vlogs e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s