+ ou -?

Mais ou menos. O que existe entre os dois? A resposta engraçadinha seria : O ‘ou’. Mas mais ou menos nunca está bom, nunca é bom o suficiente. Só é mais ou menos. Mas, pensando em estado mental, o que há de fato entre o mais e o menos? A normalidade? A estabilidade? A felicidade? A regularidade? A estagnação? A mesmice? A linha da morte? Talvez a linha da morte ilustre bem o que existe entre o mais e o menos.

Ao ver alguém doente no hospital, com aquela telinha mostrando a frequência cardíaca na forma de um gráfico que qualquer bipolar facilmente associaria às variações de sua mente, vem ao pensamento a ideia de que quando aqueles altos e baixos estabilizarem no meio e se tornarem uma linha reta será a morte. É melhor ficarem subindo e descendo. Esses dias tivemos um acidente horrível na família. Quatro familiares ainda estão com suas linhas subindo e descendo (graças a Deus). Infelizmente um amigo da família que estava no carro agonizou por mais de 24 horas e por fim sua linha ficou reta. A linha naquela tela parou de subir e descer. Foi-se uma vida e talvez tenha ido sem arrependimento, sem confissão, sem salvação, sem Deus. Não pude fazer nada. Ninguém me deixou ir ao hospital pela cirurgia de retirada da vesícula que fiz recentemente. Ficaram com medo de infecção etc. Enfim…

Deus sabe que a estagnação de pensamento, o lugar comum e a mediocridade me matariam. Talvez por isso eu varie pra cima e pra baixo, para o mais e para o menos, para o voo e para o mergulho, para as nuvens e para o poço o tempo todo. Sim, porque mesmo minha “estabilidade” é instável e mesmo quando pareço estar “normal”, não estou de fato. É complicado de explicar, é tão sofrido e é difícil de gerenciar isso. As pessoas não sabem, não percebem, mas eu sinto o tempo inteiro. Ou estou hipomaníaca ou estou depressiva, mesmo que seja só um pouquinho de cada coisa. Às vezes me sinto o Bruce Banner, que está sempre com raiva e assim controla o Hulk dentro dele. Não estou sempre com raiva mas estou sempre mais ou menos, em todos os sentidos que o “mais ou menos” possa ter. E talvez isso não seja ruim. Talvez, aceitar minha condição seja uma forma de superá-la.

Não tenho a opção de ficar olhando para o meu copo tentando decidir se ele está meio cheio ou meio vazio. Ou estou mais da metade ou estou menos da metade. Sempre estou mais ou menos. Me perco nisso, mas depois de ler o livro Uma Mente Inquieta da Dra. Kay Jamison, percebi que estar mais ou menos é o que eu sou, é o que eu tenho a oferecer. Ser hipomaníaca e depressiva é estar ou mais ou menos o tempo inteiro apesar da medicação (que aliás, só me impede de subir nua no telhado e tentar voar ou de rasgar o pescoço desesperada com a faça da cozinha). Mas se Deus chegasse e dissesse pra mim: “Você vai ter só uma doença. Mas será crônica, porém te dou o direito de escolher. Escolha uma doença para carregar pelo resto da vida.” Eu não teria outra resposta além dessa: Senhor, eu escolho o que o Senhor já escolheu pra mim. A doença é esta que aqui está desde minha infância. Porque o Senhor só me dá o que eu consigo suportar e é Misericordioso para me dar forças para superar isso todos os dias.

}ï{

Anúncios

Sobre a dona do blog

Pecadora redimida por Aquele que morreu na cruz e ressurgiu. "Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó." Salmos 103:14
Esse post foi publicado em Confissões e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para + ou -?

  1. Nadja Reis disse:

    Meu livro de cabeceira é ”O demônio do meio-dia: uma anatomia da Depressão” do Andrew Solomon. Tem me ajudado bastante. 🙂

  2. Lola, aqui é o Geison. Que bom encontrar espaços como este e pessoas como você! Você se expressa maravilhosamente bem em seus textos, mas o mais importante e belo é esta troca que sua coragem proporciona. Você coloca para fora suas vivências e consequentemente ajuda para que o outro tenha mais um exemplo de que existe luz no túnel. Seja no começo, no meio ou no final. A luz é você mesmo! Grande abraço e publicarei seu texto em nosso portal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s