Em crise, explicando a crise e outras considerações

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 1 em cada 4 pessoas conseguirá realmente sentir o que este vídeo tenta passar.

}ï{

Anúncios

Sobre a dona do blog

Pecadora redimida por Aquele que morreu na cruz e ressurgiu. "Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó." Salmos 103:14
Esse post foi publicado em Confissões, Vlogs e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Em crise, explicando a crise e outras considerações

  1. lili c.n. disse:

    oi lola, me emocionei com seu video.
    Tbm tenho thb e te entendo muito.
    Abraço forte e carinhoso.
    Lili xoxo

    • Lola disse:

      Obrigada querida! Primeiro por ver o blog e por comentar. E obrigada pela compreensão que somente nós conseguimos ter uns com os outros. Precisando desabafar ou coisa assim, estou por aqui, no Facebook, no canal do Youtube… 🙂 Abração!

  2. Gislaine Lima disse:

    Eu sinto varias coisas vendo esse vídeo…
    Emoção, vontade de estar perto de você (sem demagogia), raiva da ignorância das pessoas que não conseguem enxergar quando o outro ta precisando, não consigo entender a falta de interesse e compreensão das pessoas que estão em volta…
    Lola, saiba eu, mesmo não sendo portadora de transtorno bipolar me interesso, leio, busco respostas, porque tenho alguém que eu amo que sofre com isso. Queria ser sua amiga de perto de verdade. Um super beijo e rezo para que Deus abra a mente e o coração de pessoas que não conseguem ou nao tentam amenizar o sofrimento dos outros mesmo sendo só um abraço, um ombro, um aconchego que essa pessoa precise. Sinta-se abraçada, super beijo.

    • Lola disse:

      Ô querida, obrigada! Saiba que é esse tipo de comentário que me faz ter esperança de que as coisas vão mudar pra melhor. Esse tipo de comentário é como um “abraço virtual”. Obrigada pelo apoio! Dê um abraço no seu afilhado por mim. Beijo!

  3. Nadja Reis disse:

    É,essa coisa do apoio é muito ruim a gente não ter .Mas,para mim,nem precisavam me apoiar,desde que não me tacassem pedras já tava bom.Falo isso porque hoje minha mãe ao chegar em casa me contou que minha tia tinha dito a ela(ao comentar sobre mim e a minha situação) que eu vou passar o resto dos meus dias em casa,que eu nunca vou conseguir trabalhar,nem estudar mais,nem namorar,ter amigos,etc… Pior é que esse tipo de coisa acontece sempre. 😦

    No mais…melhoras pra ti,viu?

    beijos

    • Lola disse:

      Estou bem hoje. Obrigada pelo desejo de melhoras. O que você relata não acontece comigo vindo de fora, mas de dentro. Eu é que sempre imagino que nunca vou conseguir fazer nada.

  4. Gislaine Lima disse:

    Dei muitos abraços nele, estava com ele ontem.
    Bom domingo.

  5. Dora Batalha disse:

    Oi, Lola. Sofro com a depressão há mais de 18 anos. Desde 2009, estou sem trégua. Li quase todos os tópicos do teu blog. Além da identificação por saber como é a tua dor (a nossa dor), passaste a ser uma referência de vida para mim. Admiro teu cristianismo lúcido, tua inteligência acima da média, a forma tão profunda e ao mesmo tempo tão simples de falar das dores que nos assolam, enfim, não imaginas como teu nome tem sido mencionado nas minhas conversas em família. Gostaria muito de manter contato contigo por e-mail. Que a paz que excede todo entendimento guarde teu coração. Grande beijo. Dora.

    • Lola disse:

      Olá Dora! Primeiro quero agradecer por prestigiar o blog e por compartilhar sua experiência. É preciso coragem pra isso em uma sociedade cheia de preconceitos. Em segundo lugar quero agradecer muitíssimo pelas palavras carinhosas dirigidas a mim e dizer que nem sequer me sinto digna de tanto elogio e consideração, pois não passo de uma larvinha tentando sobreviver e quem sabe ser bons ouvidos (ou olhos) a quem precisar falar ou escrever. Sei como isso precisa de estímulo e que faz falta. Vou adicioná-la aos meus contatos sim. Vamos conversar bastante, dentro das possibilidades e tempo de cada uma. Muito obrigada querida, pelo carinho e consideração. Sei que é um esforço hercúleo, mas aguente firme!
      Deus te abeçoe e te dê resistência pra suportar.
      Um abraço apertado (daqueles que só te soltam quando você para de chorar).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s