Nana neném

Às 13 h a maquiadora vai ao camarim do teatro esperar suas clientes com a maior  cara de cansada por uma noite de sono de má qualidade. Mas é preciso retirar concentração e disposição de onde não se tem. Deus provê!

Minha dificuldade pra ter um bom sono vem desde a infância e não tem nada a ver com canções de ninar. Afinal, “Nana neném que a Cuca vem pegar…” ou “Boi da cara preta pega essa menina que tem medo de careta…” não são canções de ninar, são terrorismo psicológico. Quando eu era criança eu nem precisava desse terrorismo cantado, pois eu já tinha outros terrores pra lidar. A hora de dormir sempre foi complicada, desagradável e angustiante por inúmeras razões. Eu tinha insônia mas aos olhos dos adultos eu era só uma criança teimosa que não queria ir deitar quando mandavam. Canções relaxantes e contos de fadas pra dormir sempre me fizeram falta. Em compensação, ameaça de peia nunca me faltou na hora da naninha.

Eu só ouvia historinhas na hora de dormir quando viajava de férias pra casa da minha avó no interior. Minha história preferida sempre foi Chapeuzinho Vermelho e eu pedia pra minha avó contar todas as noites. Não sei como ela não se aborrecia por ter que contar a mesma coisa noite após noite. Ano passado eu descobri a razão de gostar tanto dessa historinha. Veio como uma revelação, um estalo, uma luz que acendeu repentinamente na minha cabeça: Eureka! Então é por isso! Acho que de tanto pedir a Deus que me ajudasse a compreender o que se passa comigo Ele me deu uma capacidade de entender algumas coisas do meu inconsciente. Talvez um dia eu conte a história da Chapeuzinho e a relação que cada personagem tem com a minha vida. Não sei se vou ter tanta coragem.

Bom, eu entendo que meu problema com falta de sono sempre foi um círculo vicioso. Eu não me sentia protegida o suficiente pra dormir tranquila, tinha medo de ir dormir e ficava sem sono. Por isso sempre inventava algo pra fazer quando a hora de ir deitar se aproximava, o que causava estresse e muita briga. Por causa da sensação de insegurança e das broncas na hora de dormir eu acabava sentindo que essa hora só representava desproteção, perigo e mal estar. Tinha insônia inevitavelmente. Essa brincadeira de mal gosto veio piorando por anos a fio até que eu me vi precisando de remédio da tarja preta pra poder pegar no sono. E tanto faz eu estar depressiva ou hipomaníaca.

Na depressão, embora o corpo esteja em queda de energia, meu medo inconsciente de ir deitar faz minha mente ficar em estado de alerta, o que dificulta meu sono. Em hipomania minha atividade cerebral está acelerada (sempre é, mas nessa fase fica pior). Então o corpo e a mente estão cansados porém tensos, não conseguem relaxar. Ou não se recuperam ou se recuperam com muitas falhas. Quando estou “estável” o inconsciente, este bastardo, vomita suas neuras no meu corpo e na minha mente e também não me deixa sossegar. E lá vamos nós nos valer do remédio que causa algo como uma ânsia de vômito dentro da cabeça, sensação de embriaguez, sem falar nos outros males que só aparecem a médio e longo prazo. Houve épocas em que eu dormia até bem. Já houve lugares nos quais eu conseguia relaxar.

Quando eu morava em outra casa e na maior parte do tempo não tinha ninguém em casa. Me sentia segura pois sabia que se eu dormisse ninguém viria mexer comigo, ninguém viria me fazer mal. Acho que me tornei notívaga porque acabei acostumando. As estrelas cadentes de ideias caem à medida em que as horas vão avançando. Se eu pudesse eu trocaria o dia pela noite, mas não posso. Se eu não tomar meu monstrinho envenenado eu não durmo mas fico chamando urubu de meu louro. Se eu tomar meu encanto se quebra lá pela meia-noite e eu viro algo semelhante a um repolho, mas pelo menos consigo descansar. Bate até uma “inveja branca” de quem dorme tão bem e acorda com beijinho, daqueles que não tem maldade. Mas tenho fé que vou ter um sono de qualidade sim. Demorei 10 anos pra me conscientizar e melhorar de algumas coisas, posso passar mais 10 batalhando pra conseguir dormir que preste. Deus há de me mandar as condições certas pra isso. 

“Quando te deitares, não temerás; ao contrário, o teu sono será suave ao te deitares.” Provérbios 3:24

}ï{

Anúncios

Sobre a dona do blog

Pecadora redimida por Aquele que morreu na cruz e ressurgiu. "Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó." Salmos 103:14
Esse post foi publicado em Confissões, Vlogs e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Nana neném

  1. Andre disse:

    Oie!!!! É o andré estudante de medicina, deixo meu email para você entrar em contato comigo bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s