A desconfiada

Pistantrofobia

 

Pistantrofóbica. É isso que eu sou. Mas não é certo e não é bonito ser assim e um tratamento espiritual precisa ser feito. Sou só uma lagarta rastejando em direção a confiança e às vezes eu canso e paro um pouco. Mas depois eu lembro que preciso continuar tentando confiar nos outros. Entregar esse sentimento de desconfiança das pessoas nas mãos de Deus pra que ele transforme em confiança, é antes de tudo trabalhar a confiança no próprio Deus, na capacidade que Ele tem de transformar até o mais desconfiado dos corações em um coração que sente segurança para se relacionar com os outros. Enquanto eu não atingir a maturidade espiritual absoluta (que será só no céu mesmo) vou em frente. Se eu cansar eu paro e tomo um fôlego, depois começo a rastejar outra vez. Quem sabe nesta vida, em maturidade cristã, eu consiga confiar mais nas pessoas, e acima de tudo nas pessoas que são realmente de confiança.

“Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia.” Salmos 34:8

}Ï{

Anúncios

Sobre a dona do blog

Pecadora redimida por Aquele que morreu na cruz e ressurgiu. "Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó." Salmos 103:14
Esse post foi publicado em Lucubrações e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s