Lucubrações

Bagunça coisa nenhuma

Aos olhos do mundo ficamos mesmo bagunçados depois que aceitamos Jesus como Senhor e Salvador pessoal. Se isso for bagunça, eu realmente quero ser bem bagunçada e bagunceira. Na verdade, e apesar de minha natureza pecaminosa, Jesus entrou na minha casa espiritual para organizá-la e limpá-la. Vez ou outra o vento sopra forte e espalha terra na sala, enche os quartos de folhas secas, bate portas de armários e joga objetos no chão. A casa fica desorganizada e suja mas não é culpa de quem organizou e limpou, tampouco do vento que causou a bagunça. A culpa é minha por ter deixado as janelas e portas abertas mesmo percebendo que a ventania estava chegando. Que Deus me faça estar desperta para quando os temporais vierem, e que eu esteja sempre disposta para proteger minha casa em tempo hábil com a boa mão de Deus me ajudando.

“Examinai tudo. Retende o bem.” I Tessalonicenses 5:21

“Prevalecem as iniquidades contra mim; porém tu limpas as nossas transgressões.” Salmos 65:3

}ï{

Anúncios
Lucubrações

Tristeza x Depressão

Tristeza x Depressão

É uma explicação simples, mas será que deu pra entender? Então, vamos parar de falar bobagem de agora para frente. Vamos parar de usar a palavra Depressão para qualquer desilusão amorosa, tédio, preguiça, vazio existencial, crise de identidade, desespero espiritual etc. Mas também vamos parar de dizer que é só tristeza quando estivermos doentes e precisando de tratamento médico. Vamos parar de pedir Fluoxetina ou Rivotril quando a necessidade é, dentre outras coisas, colocar a espiritualidade em dia e a fé no lugar certo, ter momentos de lazer, exercitar a paciência, desenvolver resiliência, buscar autoconhecimento, mudar o estilo de vida, revisar as prioridades, cuidar da saúde, tomar atitudes corretas diante da vida, cultivar relações interpessoais. Vamos, de uma vez por todas, parar de nos esconder atrás das patologias reais ou imaginadas, desejadas ou indesejadas. Vamos abandonar os ganhos secundários e decidir viver sem muletas. Vamos parar de fugir quando só estamos com medo de enfrentar a vida. E vamos parar de sentir vergonha e negar a condição quando realmente for doença. Vamos, definitivamente, parar de confundir alhos com bugalhos. Se não conseguimos diferenciar uma coisa da outra, vamos, por favor, procurar quem sabe e solicitar auxílio.

“O leão, o mais forte entre os animais, que não foge de nada;” Salmos 30:30

}ï{