Tô na mesa

mesário voluntário

Dia 05 de Outubro de 2014.

Não costumo distribuir santinhos de candidatos na rua sob o sol escaldante, nem balançar bandeiras ao final do expediente. Não sou obrigada a isso e creio que cada um deveria fazê-lo por vontade própria e com tranquilidade, e não de forma estressante, por pressão ou medo de perder um emprego. Essa pressão é um absurdo e um desrespeito ao cidadão trabalhador. O voto não deve ser negociado, especialmente se a moeda de troca for o sustento ou o bem estar laboral das pessoas. Quem se sujeita a esta situação também tem sua parcela de culpa, mas isso é outra história.

Trabalhar é algo digno. Mas todos precisam ter condições igualmente dignas para o laboro. Pressão, perseguição, coerção, incompreensão e muitos outros ‘ãos’ tem sido causa de adoecimento físico, mental e muitas vezes espiritual do trabalhador. Não, não vou para a rua para insistir que alguém vote no candidato que eu escolhi. E também não brigo com meus amigos e familiares por causa disso. Não corto relações por causa de política. Preciso muito mais manter os bons relacionamentos do que mostrar que estou certa. Então, entre ter razão e manter a amizade, eu escolho a amizade. Se o outro se irritar, me calo sem problemas.

Apesar do meu não envolvimento em certos expedientes e apesar do meu escapismo, por vezes reclamo – pois tenho direito de reclamar – de partidos, candidatos ou quaisquer lideranças que não cumprem com seu papel, que pratiquem a tal da coerção sutil, que mintam descaradamente e prejudiquem o povo, que negociem bens inegociáveis (como a dignidade) em favor da sanha de continuar no poder, que gastem muito com propagandas das realizações e busquem reconhecimento por isso, quando na verdade não estão fazendo nada além daquilo para que foram eleitos.

Não, não me envolvo demais, mas tenho minhas convicções. Como por exemplo, a posição de que, em um estado democrático e pluripartidário, deve haver alternância de partidos no poder. Sim, me posiciono contra ou a favor, pois tenho o direito e a liberdade de expressão que me são garantidos por Lei neste país. Posso divulgar minhas escolhas, opinar sobre a situação política sem gritar, mas não sem indignação com relação ao que está errado.

Minha paixão não é por partido preferido, pois nem defendo um único partido. Todos apresentam aspectos bons e ruins. Nada é perfeito. Alguns, porém, abusam de tudo que não poderiam abusar, manipulam a ignorância alheia, oprimem o povo, o deixa mal acostumado e muito confortavelmente sentado no sofá do desconhecimento e da miséria maquiada. Partidos que assim procedem, às vezes precisam ficar sem roer seu osso pelo menos por um tempo. A estes não faço caso de me posicionar contrariamente.

Enfim, minha maior paixão em época de eleições é com foco no processo. Entendo que a melhor maneira de contribuir para o processo eleitoral é adquirir entendimento suficiente para não ser um analfabeto político e também votar com consciência. A segunda melhor maneira é ser mesária. Por incrível que pareça e apesar do cansaço que me acomete no fim do dia de votações, eu gosto muito de ser mesária! Mesmo com as desconfianças sobre o processo (contagem de votos, urnas etc), me sinto honrada em contribuir com a Justiça Eleitoral, e quando não me convocam para servir eu mesma me candidato. É aí onde transita minha paixão política.

A propósito, nestas eleições eu vou Marinar!

}ï{

Anúncios

Sobre a dona do blog

Pecadora redimida por Aquele que morreu na cruz e ressurgiu. "Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó." Salmos 103:14
Esse post foi publicado em Lucubrações e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s