Arquivo do mês: fevereiro 2015

Silêncios eloquentes

A tirinha abaixo me fez lembrar de um termo que li em algum lugar quando era criança: silêncios eloquentes. Quando li consegui ter uma ideia do que queria dizer só esmiuçando o significado de cada palavra. De uns anos pra cá … Continuar lendo

Publicado em Confissões, Lucubrações | Marcado com , , | 2 Comentários

Dear God

Querido Deus, eu não te peço que faça minha vida mais fácil, mas eu te peço que me dê a força para encarar todos os meus problemas. Amém!  “Porém os que te amam sejam como o sol quando sai na … Continuar lendo

Publicado em Lucubrações | Marcado com , | 2 Comentários

Se arrependimento matasse…

Divulgar devaneios a quem está (ou já esteve) por perto pode ser desastroso. É mais fácil lidar com o julgamento e a cobrança daqueles que nunca vimos de perto na vida. “…tempo de estar calado, e tempo de falar;” Eclesiastes 3:7 b }ï{

Publicado em Confissões | Marcado com | 4 Comentários

Furiosa bonança

Quem não tem nada a esconder não tem vergonha de mostrar seu lado mais azedo junto com seu lado mais doce. Todos tem os dois lados, mas a maioria prefere continuar mostrando somente as fadinhas da alma e escondendo os … Continuar lendo

Publicado em Confissões | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Comodismo

}ï{

Publicado em Lucubrações | Marcado com , | Deixe um comentário

“Pare de pisar em ovos”

“Eu te odeio, não me abandones” – O Psicodrama Borderline Imaginem uma pessoa que por algum erro constitucional nascesse sem pele. Qualquer toque, por mais leve, provocaria dor e reação intensa. Assim é o borderline, o que lhe falta é … Continuar lendo

Publicado em Lucubrações | Marcado com , , | 2 Comentários

A gente não faz amigos

“Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles. Amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto … Continuar lendo

Publicado em Lucubrações | Marcado com , | Deixe um comentário