Arquivo do mês: agosto 2017

Aquietai-vos!

Quanta  coisa acontecendo! Quanta angústia, perversão, distorção e relativização da verdade. Vivemos entre perseguições contundentes e sedução sutil, entre filosofias sorrateiras e violência gratuita. Não acreditam que é o princípio das dores e só se ocupam em encher o ventre e o ego, … Continuar lendo

Publicado em Lucubrações | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Linguicídio

Quando eu era criança havia “gay” e “sapatão”. Quando eu era adolescente passaram a usar a sigla GLS. Logo no início da minha vida adulta já tinham mudado para LGBT. Por esses dias eu vi alguém escrever LGBTQQ123@X. Espero de … Continuar lendo

Publicado em Lucubrações | Marcado com , | Deixe um comentário

(Repost) 5 permissões que você deve dar a si mesmo quando é maltratado por alguém

Vira e mexe aparece na nossa tela algum texto que cai bem para o momento que passamos. Achei o texto abaixo no site Melhor com Saúde. A maior parte veio a calhar. Vale muito a pena ler.     “Quando … Continuar lendo

Publicado em Lucubrações | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Foco na terra da herança!

“Não se aborreça por causa dos homens maus e não tenha inveja dos perversos; pois como o capim logo secarão, como a relva verde logo murcharão. Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança. … Continuar lendo

Publicado em Lucubrações | Marcado com , | Deixe um comentário

Atira!

Não tenho peito de aço. Tudo que é bala que me alveja fere meu coração. De tão bem que eu tenho me sentido eu acabo nem lembrando que a pele que envolve e protege as emoções não cresceu naturalmente, tive … Continuar lendo

Publicado em Confissões | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Tormenta das necessidades

Esses tempos uma tempestade das grandes veio tentar varrer minha frágil estabilidade. Isto me fez colocar em prática ensinamentos já adquiridos, mas nunca usados por falta de ocasião propícia. Como o sol brilhava eu deixei de vigiar; e como não … Continuar lendo

Publicado em Confissões | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Escrever é preciso

Pode ser que a “normalidade” do cotidiano estivesse me anestesiando muito. Pode ser que eu estivesse ficando dessensibilizada. Sei lá o que era! O que eu sei é que algo esteve bloqueando minhas letras, algo me impedia de escrever com … Continuar lendo

Publicado em Confissões | Marcado com , , , | Deixe um comentário