Confissões

(…)

“(…) Eu amanheço, eu estremeço, eu enlouqueço (…)

(…) eu me derreto,
eu evaporo e caio em forma de chuva, eu reconheço

Eu me transformo (…)”

butterfly_cloud_by_pramin-d47cj0g

}ï{

Anúncios
Confissões, Lucubrações

Simples assim!

E quando eu decidi resistir firme e aguentar até o nascer do sol, quando parei de perguntar “porque” e passei a perguntar “pra que”, o sol começou a nascer e eu comecei a entender que tudo (o bom e o ruim) tem objetivo pré-estabelecido. Eu é que ainda não estava pronta pra ver a luz e só via a escuridão de uma noite sem estrelas. E não estou 100% pronta pra tudo. Mas já consigo olhar o horizonte e ver o sol nascendo, ou pelo menos ter a certeza de que ele está lá, mesmo quando as nuvens o cobrem. Fé é isso: crer sem ver. Simples assim!

}ï{

Fotografias

Pausa para respirar fundo

Rio Acre cheio. Calçadão da Gameleira. Foto by Lola

É bom aproveitar os presentes de Deus. Os momentos antes do anoitecer, quando a escuridão vem tomar conta do dia. Mesmo tendo as sombras negras ao redor e não tão distantes, consigo ter também, por um breve espaço de tempo, um pouco de céu bonito com nuvens esparramadas, um pouco de água de rio fazendo barulho, um pouco de luz do sol dourando a água e um pouco de ar para respirar bem fundo. Obrigada Senhor!

 }ï{